Pular para o conteúdo principal

O nome e o motivo de Meu Pé de Tomate


Meu Pé de Tomate. Por quê? Cultivo alguns pés de babosas. As plantas estão em vasos, já têm mais de cinco anos que cuido delas. E, para minha surpresa, sem que eu plantasse, nasceram em dos vasos dois pés de tomate. Eles cresceram e renderam belos frutos, que degustei em sanduíches e almoços. Então, "Meu Pé de Tomate" traz aqui o significado de "ganhar surpresas boas". 

A finalidade de este espaço ser criado é a vontade que eu tenho de fazer publicações com uma levada filosófica, de modo espontâneo, mantendo a dedicação pela transmissão de conteúdos capazes de acrescentar coisas positivas ao internauta que prestigia tudo que escrevo e compartilho. É isso que eu desejo, que todos possam colher boas surpresas nas leituras das minhas postagens.

E.A.G.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Arrisque-se! Arrisque-se?

Arriscar-se? Eu conheço dois tipos de riscos: o calculado e o incalculável.

No primeiro tipo você vai sabendo que pode chegar aonde quer e ser feliz lá, e se não conseguir alcançar o objetivo tem o controle do que pode perder com o resultado negativo. No segundo caso, tudo é uma aventura, o planejamento é mínimo ou nem existe, chegar aonde deseja é questão de sorte, e o custo por não chegar é tão grande que transforma a vida para muito pior do que era antes de a aventura começar, e às vezes as mudanças são irreversíveis.

Vídeo mostra o dia caótico de quem vive com depressão

Podemos definir a depressão. É uma doença curável.

Se você padece com este mal, busque ajuda.

 Sintomas? O vídeo mostra o dia caótico de quem vive deprimido. A enfermidade se caracteriza por mudanças no humor e pela perda de prazer em atividades.


A época de confraternização também é agora

É final de dezembro ou primeiro de janeiro. A mudança do velho calendário pelo novo causa uma gama de esperança por dias melhores e uma vontade de melhorar de vida, sentimento incomum em outros meses do ano. Isso é um fenômeno, que não é fácil explicar.
A face do cotidiano ressurge em força total em janeiro. As novas dívidas feitas para realizar as festas de Natal e Reveillon precisam ser pagas... Surgem os boletos de impostos: IPVA e IPTU. Vem outra vez fevereiro, março, abril, maio... E para não perder a alegria sentida durante as comemorações natalinas e celebração da virada de ano, para não esquecer a vontade de progredir, de correr atrás dos sonhos, precisamos manter dentro de nós as forças renovadas. 
E como fazer para manter-se renovado? Trazendo dentro do coração a bagagem de confraternização. Confraternizar-se é viver em harmonia; é a convivência usando bom trato; usar a camaradagem. Então, não se canse de refazer seus votos de paz, de amizade, ofereça sua atenção e carinho …